quarta-feira, 31 de maio de 2017

Aprenda dicas caseiras para limpar o box

Gordura, sabonete e mofo são os principais inimigos do box. Saiba como limpá-los com preparos feitos em casa


como limpar box
O ideal é que o box seja limpo todos os dias (Foto: Shutterstock)
Com o tempo, a estrutura do box – não só o vidro como as ferragens – tende a acumular manchas e resíduos. Para mantê-lo limpo e com bom funcionamento, o ideal é realizar uma limpeza diária com água corrente logo após o banho, evitando, assim, o excesso de gordura, vapor, sabonete e mofo, que  são as principais situações que exigem uma limpeza mais profunda.

Para isso, é possível recorrer a soluções caseiras, lembrando que alguns produtos abrasivos, como lixas, buchas e água sanitária tendem a danificar os perfis do box. Bucha vegetal e sabonete branco podem ser bons aliados para esta limpeza diária e, de acordo com a personal organizer Karoline Bim, para limpar as marcas brancas do vidro, é possível usar palha de aço para esfregar a superfície totalmente seca, delicadamente. “Este processo soltará um farelo branco, que é a gordura saindo”.
como limpar box
Palha de aço pode ser usada para limpar o box
Depois disso, para manter o box limpo por uns 15 dias, misture em um borrifador 200 ml de álcool, 100 ml de removedor e duas colheres de lustra móveis. O líquido ficará bifásico. Misture bem, aplique sobre o vidro e passe um pano limpo.“Outra opção é passar cera automotiva com o box seco. O vidro ficará limpo e impermeabilizado a semana toda”, explica Karoline.

De acordo com o fabricante Ideia Glass, é importante realizar uma limpeza mais profunda no espaço que fica nas frestas entre os trilhos inferiores semanalmente. Para impedir o mofo, use bicarbonato de sódio com a ajuda de uma esponja suave. Vale lembrar que, após o banho, o ideal é deixar a porta corrediça do box fechada para que o vapor não fique preso entre as folhas de vidro.
como limpar box
Utilize fórmulas caseiras para limpar o box

domingo, 28 de maio de 2017

Crise chega a edifícios de luxo da Zona Sul do Rio



Apartamentos em prédio na Vieira Souto acumulam R$ 900 mil em dívidas 

A crise econômica que atinge o Rio de Janeiro está chegando a condomínios na Zona Sul, onde o metro quadrado custa quase 30 mil dólares - um dos mais caros do mundo. Num sofisticado edifício da Avenida Vieira Souto, inquilinos não estão pagando o condomínio, como mostra reportagem da revista Veja Rio deste fim de semana.

Na reportagem intitulada "Prédio na Vieira Souto tem célebres moradores inadimplentes", Veja Rio mostra que, com apenas cinco andares, três apartamentos acumulam uma dívida de quase R$ 900 mil em taxas do condomínio.

"Cada unidade do Edifício Seni, com aproximadamente 500 metros quadrados, é avaliada em cerca de 20 milhões de reais", diz a reportagem, que prossegue: "No pequeno e bem cuidado jardim que enfeita a entrada do prédio, um cacto espinhento parece denunciar, ironicamente, a situação desconfortável pela qual a vizinhança passa. Três dos cinco moradores do prédio estão inadimplentes, e se tornaram réus de processos judiciais que correm em diferentes varas cíveis no Rio, a 15ª, a 31ª e a 35ª, desde janeiro do ano passado. Somadas, as dívidas dos moradores, só com taxas do condomínio, chegam a quase 900?000 reais."

De acordo com a reportagem, Francisco Recarey, de 73 anos, dono da Pizzaria Guanabara, responde sozinho por R$ 300 mil do rombo. Ainda segundo a Veja Rio, "a confusão respingou até no empresário Omar “Catito” Peres, 59 anos, dono do tradicional restaurante La Fiorentina e do Bar Lagoa. Ele não foi citado no processo, mas há sete anos é inquilino do apartamento 101, espólio do industrial pernambucano Geraldo Silveira Coutinho, morto em 2007, aos 72 anos. Coutinho foi administrador da Usina Paraíso, em Campos dos Goytacazes, no norte fluminense, por mais de quatro décadas antes de passar o bastão ao filho. Desde 2014, a companhia açucareira está em recuperação judicial. O imóvel da família no prédio de Ipanema detém o recorde de maior saldo devedor do condomínio: quase 400.000 reais."

Segundo a reportagem, o advogado do espólio, José Luiz Rezende de Almeida, não quis comentar o caso, e Peres, o locatário, garante que mantém as mensalidades em dia.

“Pago tudo, mas o espólio não repassa o dinheiro ao prédio. Eu guardo todos os recibos. A dívida é deles, não minha. Não tenho nada a ver com isso.” O empresário contestou, no entanto, o pagamento das cotas extras. “Não pago mesmo, porque o imóvel não é meu”, argumenta. 

A revista prossegue afirmando que o terceiro e último devedor do prédio é o proprietário da cobertura.

"Pouco se sabe sobre ele, a não ser que é sócio de uma empresa chamada Gracon Empreendimentos e Participações Ltda., com sede em Brasília, e que visita o Rio esporadicamente."

A reportagem prossegue informando que a inadimplência nos condomínios residenciais cresceu 22% no Rio de Janeiro entre 2013 e 2015, segundo o Sindicato da Habitação do Rio (Secovi-Rio). "De acordo com a Apsa, que administra mais de 2?700 edifícios, 5,5% dos moradores atrasaram o pagamento das taxas em 2016. “O crescente número de devedores reflete não apenas a crise do país, mas a falência do estado”, afirma Leonardo Schneider, vice­-presidente do Secovi-Rio. 

A revista afirma que, no caso do 301, o apartamento de Recarey que foi a leilão neste ano para o pagamento de quase 9 milhões de reais de encargos trabalhistas, este poderá ter as dívidas quitadas em breve.

"Apesar de o Tribunal Superior do Trabalho ter anulado a penhora do patrimônio em decisão divulgada recentemente, o leilão segue válido na área cível. Quem arrematou a unidade, por 10 milhões de reais, foi Flávia Faria Vasconcellos, filha do ex-banqueiro Aloysio Faria, fundador do Grupo Alfa e dono de uma das maiores fortunas do país. O prazo para Recarey desocupar o espaço termina na semana que vem, mas ainda há um recurso a ser julgado. Se os outros dois vizinhos não resolverem a situação financeira das respectivas unidades em tempo hábil, o caminho natural será eles irem a leilão. Talvez Recarey tenha companhia", finaliza a reportagem.

Fonte: http://www.jb.com.br

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Veja como tirar mancha da parede

Manchas nas paredes são praticamente inevitáveis, porém com alguns truques básicos e caseiros é possível limpar a sujeira! Por isso, o ZAP em Casa selecionou algumas dicas de como tirar mancha da parede.


A gestora de recursos humanos Arielle Babadobulos já está mais que acostumada a encontrar riscos e marcas de mãos nas paredes de seu apartamento. Mãe de Gabriel, de quase dois anos de idade, ela conta que basta qualquer distração para encontrar o filho fazendo arte. “Uma vez ele pegou uma caneta da minha bolsa e riscou os batentes das portas. 
Daí o negócio foi limpar, não teve jeito”, relembra ela, que costuma a usar sapólio diluído em água. Tudo é removido com um pano seco.
mancha_parede
Dicas caseiras ajudam a tirar diversos tipos de manchas das paredes (Foto: Reprodução/Shutterstock)
Segundo o gerente de treinamento da rede de limpeza profissional House Shine, Osvaldo Logo, a primeira recomendação é a manutenção constante na limpeza da parede. “Se deixar encardir ou deixar secar a sujeira secar fica mais difícil. Portanto, quando sujar, limpe de imediato”, orienta. O fundador da empresa de limpeza profissional Limpeza com Zelo, Renato Ticoulat, recomenda ainda um jeito específico de retirar a nódoa. “A mancha não deve ser limpa de dentro para fora para que ela não se espalhe e aumente de tamanho na superfície”, completa.

 

Veja as dicas dos especialistas na hora de limpar manchas das paredes:

Manchas em paredes brancas: duas soluções de limpeza são válidas. A primeira – e mais simples – é a utilização de detergente comum e água morna. Para paredes com manchas mais complexas, utilize uma mistura com a mesma quantidade de vinagre branco e água morna. Nos dois casos utilize um pano de microfibra ou um pano branco macio. Faça movimentos leves, evitando retirar a pigmentação.

Marcas de mãos e manchas de gordura: utilize detergente comum e água morna. No caso da sujeira de gordura, deixe o detergente agir por mais tempo e repita a ação.

Marcas de lápis: para a limpeza de lápis comum (grafite), utilize uma borracha branca, aplicada com delicadeza. Faça com cuidado, pois pode danifica a pintura.

Marcas de lápis de cor ou canetinha: para limpeza em paredes brancas use um solvente (com álcool ou acetona). O segredo, neste caso, é evitar ampliar o risco. Por isso, é fundamental o uso de um cotonete ao aplicar o solvente. “É quase um trabalho de arte. A dica é realizar um pequeno teste em um cantinho da parede antes de iniciar a limpeza”, ensina Osvaldo. Em paredes coloridas, o procedimento acima pode danificar a pintura. A recomendação, no caso de paredes coloridas, é optar pot tintas laváveis.

Mofo: utilize uma mistura com a mesma quantidade de vinagre branco ou peróxido e água morna. Repita a operação até que as nódoas escuras sejam eliminadas. Em casos de manchas mais severas, um pouco de água sanitária diluída em água pode ajudar.

Aprenda a eliminar as traças do seu armário

Poucas coisas são tão desagradáveis quanto tirar uma roupa do armário e perceber pequenos furinhos causados pela temida traça. Esses insetos vivem em ambientes escuros e úmidos, mas ao contrário do que se pensa, são as larvas que se alimentam de matéria orgânica, como restos de comida, livros encadernados e alguns tecidos, como valiosas peças de roupa.
 Inseticidas comuns não costumam ter efeito muito duradouro, por isso não são eficazes no combate às traças. Segundo a dedetizadora Insectbye, além dos procedimentos profissionais para eliminação das traças, há algumas dicas que podem manter esses insetos indesejados longe do seu guarda-roupa.
como_eliminar_traca
Alguns truques ajudam a manter as traças longe do armário (Foto: Reprodução/Decorandocasas.com)
Uma boa solução é usar bolinhas de naftalina ou cânfora penduradas junto aos cabides e nos cantos do guarda-roupa. Eles ajudam a retirar a umidade da madeira e previnem o aparecimento das traças.

Segundo a organizadora de ambientes Natália Castro, existem também fórmulas atóxicas que espantam esses “bichinhos” do armário. A lavanda é um repelente natural para a traça. Alguns sachês perfumados espalhados pelo guarda-roupa ajudarão a manter suas roupas livres dos furinhos. Folhas de alfazema, eucalipto e hortelã podem, juntos, ter o mesmo efeito. Basta aglometar as folhas em um saquinho de tecido fino e colocar no armário.
cabide_traca
Usar bolinhas de naftalina ou cânfora penduradas junto aos cabides e nos cantos do guarda-roupa ajuda a retirar a umidade da madeira e previnem o aparecimento das traças (Foto: Reprodução/Sachês Scent)
Pequenos pedaços de cedro também ajudam no combate aos insetos. A madeira atua como repelente às traças e pode ser colocada em lascas entre as roupas. Outra dica é usar ainda o óleo de cedro em recipientes. O cuidado só deve ser maior com óleo para que não encoste nas roupas, sob pena de manchá-las.

Até mesmo casca de laranja e limão podem ser usadas. Colocadas em saquinhos pequenos, ajudam a perfumar o armário e evitar as traças. Elas, no entanto, precisam ser trocadas a cada três dias, em média, pois podem apodrecer e trocar o agradável odor da fruta por outros nada bons.
traca_larva
As larvassão as verdadeiras responsáveis pelos furinhos que aparecem nas peças (Foto: Reprodução/Tudo Biologia)
Caso as traças já tenham aparecido no armário, retire as roupas e lave todas as que tiverem sido perfuradas pelas larvas. Limpe bem o ambiente por completo para retirar os ovos do inseto e impedir que eles retornem. Além disso, é bom abrir as portas do armário para iluminar o ambiente e deixar no sol roupas guardadas há muito tempo.

Vale também guardar as peças menos usadas em sacos plásticos, caixas ou mesmo guardá-las à vácuo, com sacos especiais para isso, que impedirão totalmente que os insetos danifiquem suas roupas.

Aprenda a organizar a casa utilizando prateleiras e nichos

prateleira_nicho
A iluminação é ponto chave na hora de pensar na prateleira ideal (Foto: Divulgação/ Mamm Arquitetura)
Não faltam atributos às prateleiras para organização dos ambientes. Elas são fáceis de encontrar, têm bom preço, podem ser instaladas por você mesmo e são soluções rápidas e eficientes para a bagunça.

“O segredo dos usos de prateleiras na decoração é a organização dos objetos”, afirma a arquiteta Marina Musa Machado. “Normalmente as prateleiras são colocadas em lugares estratégicos para preencher um espaço, servir de base para embutir uma iluminaçã, expor objetos decorativos e para armazenamento”.
prateleiras_organizacao
Além de organizar o ambiente, a prateleira ajuda a preencher espaços (Foto: Divulgação/ Mamm Arquitetura)
Mas a versatilidade da peça tem levado ela a outros patamares. Não raro, as prateleiras também marcam presença em ambientes mais sociais, como salas, cozinhas gourmet, bares e varandas.

“As prateleiras ficam mais elegantes quando fixadas por uma estrutura oculta embutida na peça e na parede e o uso de iluminação faz toda a diferença para dar destaque aos objetos e deixar o ambiente ainda mais charmoso e aconchegante”, afirma a arquiteta.
prateleira_longa
Aposte nas prateleiras por todo o ambiente (Foto: Divulgação/ Mamm Arquitetura)
De acordo com a especialista, em ambientes sociais vale apostar também em estantes altas com prateleiras para armazenar livros, por exemplo. Para aqueles objetos que não se deseja mostrar, a recomendação é optar pelo uso de caixas decorativas.

“Os objetos selecionados, para cada ambiente específico, devem ser mesclados para ter um equilíbrio das peças: livros, vasos pequenos, porta retratos, caixas decorativas, esculturas, quadros, porta velas, entre outros”, diz Marina.
prateleira_suspensa
As estantes suspensas dão charme ao ambiente (Foto: Divulgação/ Mamm Arquitetura)

 

Confira inspirações de prateleiras e nichos para organizar a casa

prateleiras e nichos
Aposte em materiais sustentáveis (Foto: Reprodução/Pinterest)
prateleira e nichos
Os nichos ajudam a organizar o ambiente (Foto: Shutterstock)
prateleiras e nichos
As prateleiras suspensa estão super em alta (Foto: Reprodução/Pinterest)
prateleiras e nichos
A madeira clara deixa o ambiente mais clean (Foto: Reprodução/Pinterest)
prateleiras e nichos
Além de ajudar a manter tudo no lugar, as prateleiras dão um charme a mais na decoração (Foto: Reprodução/Pinterest)
prateleiras e nichos
Os nichos são super práticos (Foto: Reprodução/Pinterest)
prateleiras e nichos
O nicho pode servir como objeto de decoração (Foto: Reprodução/Pinterest)
prateleiras e nichos
Os pallets podem render ótimos organizadores (Foto: Reprodução/Pinterest)

Saiba quais são os itens que mais sujam na cozinha e como limpá-los

A cozinha precisa de atenção redobrada quanto o assunto é limpeza. É neste ambiente que são armazenados e preparados os alimentos. Justamente por isso, mantê-la limpa é fundamental para ter a casa organizada, mas também para deixar a saúde do corpo em dia. Não basta apenas que a cozinha tenha uma aparência de limpeza, ela realmente precisa estar bem higienizada. Portanto, fique atento aos itens que mais acumulam sujeira no ambiente e saiba como limpá-los de forma correta.

Uma das questões que pesa na cozinha é justamente porque o espaço é usado para cozinhar e, por isso, fica bastante fácil de acumular sujeira no ambiente, principalmente gordura. E não é simples evitar essa situação. “Para diminuir a gordura na cozinha é questão de hábito. Se a pessoa tem o hábito de fazer fritura, vai sujar mais de gordura. Se a pessoa tem hábito de cozinhar, assar ou refogar com menos óleo, por exemplo, a cozinha fica menos gordurosa. Refogar com uma quantidade menor de óleo já ajuda e e evitar fritura de imersão também. Também é preferível assar ou fazer frituras em panelas elétricas, tipo air fryer”, afirma Lucy Karla Mizael, personal organizer, facilitadora doméstica e proprietária do site Dicas da Lucy, onde dá dicas de organização.
limpeza de cozinha
O escorredor de pratos, seja de inox ou de plástico, deve ser lavado com frequência (Foto: Shutterstock)
Por razões óbvias, o fogão é um dos itens que mais suja na cozinha, afinal de contas, é nele onde os alimentos são preparados. “Este é um item que fica bem sujo e suja todos os dias”, diz Lucy Karla Mizael. Além dele, tudo que fica próximo dele também está mais sujeito a ficar sujo e engordurado. “Armários, azulejos e revestimentos cerâmicos próximos também ficam bem sujos”, acrescenta. Fique atento também para os armários do ambiente. “Aquelas cozinhas que têm armários que não vão até o teto, que é a maioria, costuma acumular sujeira no alto e é preciso lembrar de limpar”.

Coloque a bancada da pia na conta dos itens que precisam de atenção quanto a limpeza na cozinha. Além de costumar ficar perto do fogão, ela também serve de apoio na hora de cozinhar e acaba sujando bastante. “A bancada suja muito porque ali os alimentos são cortados e costuma acumular restos de alimentos, além de gordura da louça que foi lavada.

Preste atenção ainda para a sujeira entre o granito e a cuba de inox”, sugere a facilitadora doméstica.
limpeza da cozinha
Coloque a bancada da pia na conta dos itens que precisam de atenção quanto a limpeza na cozinha (Foto: Shutterstock)
Os objetos que são usados na cozinha também não escapam da sujeira e gordura, porém alguns merecem atenção especial. “Os mais sujos são a tábua de corte ou de carne, esponja de lavar louças, escorredor de pratos e o porta sabão”, completa Lucy Karla Mizael.

 

Confira como limpar os itens da cozinha:

Fogão

É importante limpar o fogão todo dia para não grudar sujeira nele. Saiba que o papel alumínio mancha o fogão de inox. Para limpeza, espere sempre que ele esteja frio, caso contrário, o choque térmico pode rachar e danificar. Se estiver com muita gordura, retire o excesso passando vinagre.

Para limpeza diária, use esponja macia e detergente neutro. Já para limpar uma vez por semana, limpe com água e detergente e depois esquente vinagre de álcool branco e passe em todo o inox. À medida que passar o vinagre, seque o fogão. Desta forma, mantém o brilho e evita o escurecimento.
limpeza da cozinha
É importante limpar o fogão todo dia para não grudar sujeira nele (Foto: Shutterstock)
Para os queimadores de alumínio, pingue gotas de limão na tampa e depois lave com sabão de coco para que eles fiquem brilhantes. Para tampas pretas, esfregue esponja de aço na tampa seca. Já pretos e queimados entre os dentes saem fervendo-os. Uma receita é ferver por 10 minutos em água com uma colher de sopa de detergente e cinco colheres de sopa de vinagre. Outra receita é ferver por 10 minutos em água com uma colher de sal, três colheres de sopa de vinagre e uma colher de sopa rasa de sabão em pó.

 

Bancadas

Para lavar bancadas de pedra, seja de granito, mármore ou nanoglass, lave com detergente ou saponáceo cremoso. Use esponja macia e não esponja de aço. Não use água sanitária ou produtos a base de cloro porque poderá deixar a bancada porosa. É importante que seja lavada todos os dias depois de finalizar a limpeza da cozinha. Já cubas de inox, aplique uma colher de água sanitária na esponja e passe nela. Depois é só enxaguar e secar.

 

Esponja

No dia a dia pode acabar acumulando bactérias. Para que isso não aconteça, é essencial lavar e higienizar as esponjas diariamente. Se o objeto é muito usado, troque a cada sete dias. Se for usada de forma mais moderada, é possível trocar a cada 10 dias. Uma dica é não guardar a esponja junto de sabão em potes fechados e molhados. Dê preferência aos modelos de porta-sabão onde os objetos fiquem separados e que seja arejado.
limpeza de cozinha
No dia a dia pode acabar acumulando bactérias. Para que isso não aconteça, é essencial lavar e higienizar as esponjas diariamente (Foto: Shutterstock)
Para limpar a esponja diariamente, lave o objeto com água e detergente, esprema toda a água, coloque para secar e não guarde em local úmido, dentro de vasilhas com água e sabão. Já para higienizar duas vezes por semana, existem duas opções. Uma é com solução clorada: em um litro de água acrescente uma colher de sopa de água sanitária e deixe de molho por 15 minutos, enxague e deixe secar. A segunda é com água fervente: coloque a esponja para ferver em um litro de água por cinco minutos, espere esfriar, tire o excesso de água e guarde em local seco.

 

Tábua de corte

A tábua de madeira maciça desponta como uma das preferidas, mas é comum profissionais da vigilância sanitária não recomendarem esse tipo porque pode ser nocivo para saúde. Portanto, o recomendável é é lavar logo após o uso, manter limpa, seca e guardada longe dos insetos. Se aparecer sinal de desgaste, troque por uma nova, já que as tábuas de madeira e também de plástico grudam sujeira nas fissuras que se formam e aí pode haver proliferação de bactérias. A tábua de vidro lisa é a mais recomendada porque não cria fissura.
limpeza da cozinha
Portanto, o recomendável é é lavar logo após o uso, manter limpa, seca e guardada longe dos insetos (Foto: Shutterstock)
Para limpar, lave a tábua logo após o uso. Se usou para cortar carne, lave com água e sabão e só depois use para cortar vegetais. Não deixe a tábua suja com restos de alimentos por muito tempo. Lave com água e detergente. Esfregue bastante e, se for necessário, use uma escovinha específica para isso. Enxague em água corrente para retirar todo o sabão.

Uma vez por semana também é indicado higienizar com solução clorada. Depois de lavar com água e detergente, coloque o objeto de molho em uma bacia com dois litros de água e duas colheres de sopa de água sanitária. Apoie uma vasilha com água em cima da tábua para que ela fique imersa. Deixe agir por 15 minutos. Esfregue, enxague, seque e guarde.

 

Escorredor de prato

Seja de inox ou de plástico, deve ser lavado com frequência. Ele pode conter restos de alimentos e, por isso, pode se tornar foco de microorganismos. Lavar o item também pode ajudar a manter o brilho.
Para lavar, pode usar detergente neutro ou saponáceo cremoso. Utilize esponja macia e não palha de aço porque ele arranha o inox e o plástico.

Seque o inox para evitar manchas. É importante lavar uma vez por semana ou quando houver necessidade, caso esteja engordurado ou caia algo que suje o escorredor.

Crie porta-retratos diferentes e deixe suas fotos mais alegres

Expor as fotos em casa também é uma forma de decoração. O que muito se vê é a utilização de porta-retratos e molduras tradicionais, mas você pode deixar os momentos inesquecíveis de sua vida de uma forma diferente, criativa e original.

Na internet é possível achar muitas ideias de porta-retrato diferente e tem coisas que certamente você nunca pensou em fazer. Além de interessantes, são objetos que podem ser reutilizados e alguns de baixo custo. Por isso o ZAP em Casa, em parceria com o Pinterest, separou algumas inspirações.
fotos na decoração
Pintar a roda é uma boa opção para deixá-la mais bonita (Foto: Reprodução/Pinterest)
As rolhas de vinho também são objetos que se transformam em decoração. Algumas pessoas gostam de juntá-las para depois colocar num grande vaso. Mas as rolhas podem receber a função de base para um porta-retrato. Basta colar em um porta-retrato e, pronto. Está aí mais uma forma criatiava. Sabe aquela bicicleta velha, que está lá parada num cantinho sem função alguma? Pelo menos uma ou duas partes dela podem ser úteis para formar um painel de fotos na parede da sua casa. É só pintar da cor que você preferir, colocar um prego na parede e pendurar. Simples, bonito e original.
foto na decoração
Porta-retrato decorado com rolhas (Foto: Reprodução/Pinterest)
No mercado existe também papéis de parede que simulam porta-retratos desenhados. Mas, se você prefere ser o artista e fazer a sua própria arte é só pegar uma caneta e colocar a mão na massa.
papel de parede de fotos
Papel de parede desenhando com porta-retratos (Foto: Reprodução/Pinterest)
foto em pote de vidro
pote: O pote de vidro pode ser reinventado ao invés de ser colocado no lixo. É só limpar, enrolar as fotos e coloca-las dentro dele (Foto: Reprodução/Pinterest)
varal de fotos
Uma ideia econômica é fazer um varal de fotos. Você só precisa esticar um barbante, ou algum material parecido, aplicar na parede e utilizar pregadores para prender as fotos (Foto: Reprodução/Pinterest)
fotos em árvore
Esse é um painel de parede com desenho de árvore. Com ele você monta uma bonita imagem com modelos comuns de porta-retratos (Foto: Reprodução/Pinterest)
Um pequeno galho de árvore também pode virar um porta-retrato. Utilizando um barbante e pregos, você fixa na parede e faz um bonito painel de fotos (Foto: Reprodução/Pinterest)
Um pequeno galho de árvore também pode virar um porta-retrato. Utilizando um barbante e pregos, você fixa na parede e faz um bonito painel de fotos (Foto: Reprodução/Pinterest)
Aqui é só comprar um pedaço de cortiça e criar imagens para colocar as fotos. Elas são presas com pequenas tarrachas (Foto: Reprodução/Pinterest)
Aqui é só comprar um pedaço de cortiça e criar imagens para colocar as fotos. Elas são presas com pequenas tarrachas (Foto: Reprodução/Pinterest)
fotos na decoração
Um simples porta-chaves pode ser um local para deixar suas fotos (Foto: BR.Pinterest.com.br)
fotos na decoração
Para quem gosta de viajar, mapas são uma ótima ideia de mostrar essa paixão (Foto: BR.Pinterest.com.br)
fotos na decoração
Aposte em formas delicadas (Foto: BR.Pinterest.com.br)
fotos na decoração
É possível fazer um mural com as próprias fotos na parede (Foto: BR.Pinterest.com.br)
fotos na decoração
É possível utilizar a roda da bicicleta para usar as fotos na decoração (Foto: BR.Pinterest.com.br)